Envio de Exames

REQUISITOS PARA ENVIO DE EXAMES À FOSP

A FOSP realiza análise dos seguintes exames:

  1. Citológicos: esfregaços cervico-vaginais (Papanicolau), raspados, lavados, urina e líquidos cavitários.
  2. Biópsias ambulatoriais: biópsias endoscópicas (esofágicas, gástricas, intestinais e cólicas), biópsias colposcópicas (colo uterino, vagina e vulva), biópsias por punch (ex: pele, boca, etc), biópsias por agulha grossa (mama, fígado, medula óssea, etc), produto de cirurgias ambulatoriais como fusos de pele, tumores de pele e linfonodos. [O laboratório da FOSP NÃO PROCESSA peças cirúrgicas (apêndice, vesícula biliar, produtos de herniorrafia, etc), peças cirúrgicas radicais (mama, útero, próstata, intestino, pulmão, etc), fetos e placentas, biópsias para imunofluorescência ou microscopia eletrônica (renais, de pele e musculares)].
  3. Exame imuno-histoquímico: avaliação de marcadores tumorais no câncer de mama, auxílio diagnóstico nas neoplasias indiferenciadas, diagnóstico das neoplasias linfo-hematopoiéticas, e na determinação de sítio primário de carcinomas metastáticos em investigação. 
  4. Hibridização in situ fluorescente (FISH) para avaliação de amplificação do gene HER2/CerbB2.

Recomendações para envio de material ao laboratório da FOSP:

Todo o material deverá estar devidamente identificado e ser encaminhado em conjunto com o respectivo formulário de pedido de exame.


Recepção do material no laboratório da FOSP:

A entrega do material e respectiva requisição de exame, poderá ser feita pela Unidade de Saúde de origem, via portador identificado e autorizado pela mesma, na recepção do laboratório, situada no 2º andar do prédio da FOSP, no período de segunda-feira à sexta-feira, das 8h00 às 16h00.

  • O envio do material em conjunto com o formulário de requisição de exame pode também ser realizado via postal (correios), quando necessário.
  • FOSP – Fundação Oncocentro de São Paulo – Recepção do laboratório de Patologia – Rua Oscar Freire, 2396 – 2º andar – Pinheiros – São Paulo, SP – CEP 05409-012

Resultado dos Exames:

  1.  Resultados de exames citológicos de Papanicolaou serão retirados pelo portador autorizado pela unidade de saúde. Para unidades de saúde cadastradas a retirada será via web (veja orientações).
  2. Resultados de biópsias serão retirados pelo portador autorizado pela unidade de saúde.
  3. Resultados dos exames de Imuno-histoquímica e do FISH seguirão por e-mail, correio ou portador autorizado pela unidade de saúde, conforme necessidade da unidade solicitante.

Lembramos que tais recomendações visam agilizar e manter o fluxo do processo funcionando satisfatoriamente, por isso contamos com a colaboração dos interessados. Colocamo-nos a disposição para eventuais esclarecimentos


Acesse os links no quadro abaixo, para obter informações sobre identificação, fixação e formulário que deve ser utilizado para acompanhar o material que deseja enviar.

Exames Citológicos de Colo do Útero, Mama e Líquidos

1. REQUISIÇÃO:
Para obter impresso do formulário de requisição de exames citológicos (acessar os links abaixo relacionados aos FORMULÁRIOS).     Preencher os campos do formulário usando caneta e LETRA DE FORMA LEGÍVEL Identificação da Unidade de Saúde (CNES, nome e município).
Indicação do número do Cartão SUS do paciente, que deverá conter no mínimo 15 dígitos, nome completo e data de nascimento.
Dados residenciais contendo endereço completo incluindo município e CEP. Assinatura e carimbo do profissional solicitante.

2. NÃO RASURAR O IMPRESSO, NEM USAR CORRETIVO:
Caso seja necessário, favor preencher novo formulário.

3. IDENTIFICAÇÃO DAS LÂMINAS:
As lâminas contendo os esfregaços cervico-vaginais ou de mama devem ser identificados no momento da coleta, individualmente.
A. Citologia de Colo do Útero

Identificar a extremidade fosca da lâmina utilizando lápis preto nº 2 (caneta ou lapiseira não suportam o processo de coloração).
NÃO RASURAR, SE NECESSÁRIO USE BORRACHA.
A identificação deve apresentar o CNES da Unidade de Saúde as INICIAIS DO NOME da paciente e o Nº DE REGISTRO QUE IDENTIFICA O EXAME NA UNIDADE, cópia fiel dos dados constantes no formulário de requisição de exame.
B. Citologia de Mama     Em caso de secreção em ambas as mamas, coletar em lâminas separadas o material de cada mama e identificar a lateralidade da mama na lâmina correspondente (incluir “MD” para mama direita ou “ME” para mama esquerda), além dos demais itens de identificação referidos nas orientações da citologia de colo do útero.

4. PREPARO DO ESFREGAÇO:
Colocar o material em uma lâmina e com a borda de outra lâmina, fazer o esfregaço fino e homogêneo. Fixar imediatamente.

5. FIXAÇÃO DO MATERIAL:
A. As lâminas contendo esfregaços de colo do útero ou mama devem ser fixadas imediatamente, no momento da coleta, com polietilenoglicol ou propinilglicol, cobrindo todo o material coletado.
B. Os líquidos deverão ser fixados em álcool 70%, meio a meio (colocar volume igual do líquido coletado e do álcool no frasco com identificação do paciente e identificação do material).

6. ORGANIZAÇÃO DO MATERIAL:
A. No caso de lâminas, ordená-las em caixa apropriada para transporte (madeira ou plástico).
A ordem estabelecida na caixa de transporte deve ser respeitada para a organização dos formulários e para a elaboração da relação de remessa: A PRIMEIRA LÂMINA DA CAIXA SEMPRE DEVERÁ CORRESPONDER À PRIMEIRA FICHA E AO PRIMEIRO NOME DA RELAÇÃO DE REMESSA E ASSIM SUCESSIVAMENTE.

Formulários
Orientações para coleta de citologia Cervicovaginal – PAPANICOLAOU
Requisição de exame Citopatológico de Colo do Útero
Requisição de exame Citopatológico de mama
Requisição para exame Citológico de outros líquidos
Relação de remessa (Exclusiva para citologia do colo do útero – Papanicolaou)

Exames Anatomopatológicos

1. REQUISIÇÃO
Utilizar o impresso adequado (acessar o link abaixo).
Preencher os campos do formulário usando caneta e LETRA DE FORMA LEGÍVEL.
Identificação da Unidade de Saúde (CNES, nome e município).
Indicação do número do Cartão SUS do paciente, que deverá conter no mínimo 15 dígitos, Nome completo e data de nascimento.
Dados residenciais contendo endereço completo incluindo município e CEP.
Assinatura e carimbo do profissional solicitante.

2. IDENTIFICAÇÃO DO MATERIAL
Os frascos devem ser identificados com nome completo e número do prontuário do paciente, além da localização da biópsia em caso de amostras múltiplas (ex: colo uterino 6h e colo uterino 9h). Esta identificação deve ser feita no momento da biópsia, individualmente, para evitar troca de amostras (IDENTIFICAR OS FRASCOS INDIVIDUALMENTE NO MOMENTO DA BIÓPSIA E NÃO FAZER IDENTIFICAÇÃO PROVISÓRIA PARA IDENTIFICAR OS FRASCOS EM CONJUNTO POSTERIORMENTE).

3. FIXAÇÃO DO MATERIAL
As biópsias deverão ser acondicionadas em frascos com solução tamponada de formol diluído a 10%, devidamente fechadas para evitar vazamento e contendo volume de formol 10 vezes superior ao volume do fragmento de biópsia.

Formulários
Requisição de exame Histopatológico de Colo do Útero
Requisição de exame Histopatológico de Mama
Requisição para exame de outras biópsias

Exames de Reações Imuno-histoquímica e FISH

1. REQUISIÇÃO
Utilizar o impresso adequado (acessar o link abaixo).
Preencher os campos do formulário usando caneta e LETRA DE FORMA LEGÍVEL.
Identificação da Unidade de Saúde (CNES, nome e município).
Indicação do número do Cartão SUS do paciente, que deverá conter no mínimo 15 dígitos, Nome completo e data de nascimento.
Dados residenciais contendo endereço completo incluindo município e CEP.
Dados clínicos pertinentes à lesão alvo da pesquisa (localização, tamanho, características, macroscópicas, hipóteses diagnósticas e anticorpos a serem pesquisados).
Assinatura e carimbo do profissional solicitante.

2. MATERIAL A SER ENVIADO
Deverão ser encaminhadas à FOSP as lâminas referentes à lesão alvo coradas pela hematoxilina-eosina bem como o(s) bloco(s) de parafina correspondente(s), identificados adequadamente, além do laudo anatomopatológico para facilitar a identificação da amostra e orientar a escolha dos anticorpos.

Nota
A qualidade do resultado depende do preparo prévio das lâminas a serem analisadas, em especial da FIXAÇÃO DO MATERIAL. Para os exames de Imuno-histoquímica e FISH, as amostras devem ter sido adequadamente fixadas em formol tamponado a 10%, imediatamente após a coleta e durante um período de 6 à 48h, caso contrário, haverá prejuízo da análise e possíveis resultados inconclusivos.

Formulários
Requisição para exame Imuno-histoquímico e FISH

Dr. Marcelo Luiz Balancin

Diretor Adjunto de Laboratório

Fone (11) 3797-1831 | Fax (11) 3797-1833

E-mail: marcelo.balancin@fosp.saude.sp.gov.br

Maria Aparecida da Silva (Cidinha)

Gerente do Laboratório de Anatomia Patológica e Citologia

Fone (11) 3797-1833 | Fax (11) 3797-1833

E-mail: maria.silva@fosp.saude.sp.gov.br